Este artigo mostra a forma de fazer uma estação de rádio base de qualquer operadora e interceptar celulares – mostra a vulnerabilidade das chamadas telefônicas

0

Phreaking, segundo a Wikipedia, é uma gíria cunhada para descrever a atividade de uma subcultura (ou “cena”) de pessoas que estudam, experimentam ou exploram sistema de telecomunicações, como equipamentos e sistemas conectados a rede de telefonia pública.

O termo surgiu como referência a grupos que fizeram a engenharia reversa do sistema de tons utilizados para rotear ligações de longa distância. Ao recriar esses tons em um telefone comum, os Phreakers podiam fazer ligações gratuitas pelo mundo todo.

Um BTS — Base Transceiver Station, é um equipamento que facilita a comunicação sem fio entre um dispositivo do usuário, como um telefone celular, e a rede de telefonia. Também é conhecido como RBS — Radio Base Station.

Strcpy, segundo o próprio, é um brasileiro, consultor independente de segurança por necessidade, Hacker pelo amor ao Hacking e subversivo por natureza.

Ele escreveu um artigo muito interessante e didático, onde ensina, passo a passo, como construir uma BTS GSM portátil, de baixo custo (mais precisamente, cerca de US$ 560,00); ele também mostra como configurar e utilizar o equipamento corretamente.

No artigo, Strcpy usa apenas um Raspberry Pi modelo 3 (USD 69,99), um BladeRF, plataforma open source de Radio com interface USB 3.0 que pode trabalhar com qualquer frequência entre 300Mhz e 3.8Ghz, baseado em software (USD 420,00) e duas antenas de cerca de 8 dólares cada. Como opcional, uma bateria (power bank) da Anker, para poder usar seu BTS de forma portátil.

O texto foi inspirado e baseado neste outro, How To Build Your Own Rogue

Comments are closed.